quem acredita em nós, em nossa arte...

quem acredita em nós, em nossa arte...
quem acredita em nós, em nossa arte...

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

PARA lembrar, para conhecer, para aprender e respeitar...






EXTRAÍDO E PESQUISADO DE : http://www.butoh.com.br/

Amigos do Takuru - Cia La Carreta e Cia Teatro ART E VIDA de Rosário do Sul, João Butoh e Grupo de Teatro La Carreta
VIII Encuentro Internacional de Teatro
Paso de Los Libres - Corrientes - Argentina 2008
Foto: Arquivo da OBC


JOÃO ROBERTO DE SOUZA
Ator, bailarino, coreógrafo, figurinista, cenógrafo, diretor, professor, maitre de Butoh, jornalista.
Desde 1972, trilha sua forma de expressão na linha do teatro de dança. Tem formação eclética, visando seu aprimoramento artístico, procura atingir outras áreas das artes. Teve como professores nomes expressivos nacionais e internacionais. Em 1982, após uma apresentação no Programa da TV Cultura " É Proibido Colar!", recebeu bolsa integral para o Dança Clarisse Abujamra em São Paulo, possibilitando o contato com grandes personalidades que muito contribuíram para seu crescimento artístico. Residiu em São Paulo no ano de 1983, e em setembro de 1984 foi convidado à trabalhar na Prefeitura Municipal de Presidente Prudente - SP para assumir o Departamento de Artes Cênicas, onde organizou o Festival Estadual de Teatro, o Festival Nacional de Dança, foi diretor e professor da Escola de Artes e das Oficinas de Artes Cênicas da Prefeitura, criou e dirigiu a Companhia Municipal de Dança e foi administrador do Teatro Municipal. Foi integrante do grupo "Teatro O 2 Experimental" onde encenou o Espetáculo "Fábrica de chocolate" de Mário Prata.
Voltou a residir em São Paulo no ano de 1990, sendo convidado a ministrar oficinas de dança, figurinos e teatro pelas Oficinas Culturais Regionais do Estado, órgão da Secretaria de Estado da Cultura.
Produziu com Carlos Cesare, o vídeo "Era uma vez na Eugenioslavia", um piloto para um programa infantil com Teatro de Bonecos. Pela Oficina Cultural Regional " Timochenco Wehbi", desenvolveu os figurinos para o Espetáculo " O Homem que casou com a mulher Braba" na cidade de Dracena - SP, que recebeu inúmeras premiações em festivais de teatro no Brasil e se apresentou no Gran Gran Fiesta/Queen Elisabeth Hall - Londres, no Camden Green Fair/Camden Garden Free - Londres, no The Rising Sun Institute/Reading e no Bracknell Festival/Bracknell - Inglaterra. Fundou o Delirivm Teatro de Dança, onde desenvolve diversos trabalhos em parcerias com profissionais importantes e artistas emergentes, recebendo dezenas de premiações por todo o país. Desenvolve trabalho de pesquisa fundamentado no Butoh, iniciado em 1983 (dança pós moderna japonesa criada na década de 60, por Kazuo Ohno e Tatsumi Hijikata) é auto didata e tem uma técnica própria e um estilo bem particular.
Foi vencedor dois anos consecutivos com o prêmio de Melhor Figurino do Concurso Internacional de Dança do Mercosul em Bento Gonçalves - RS.
Foi orientador da matéria de figurino do Projeto Dança Master II da Secr. de Est. da Cultura no Teatro Sérgio Cardoso em São Paulo em 1995. Já desenvolveu inúmeros trabalhos solo, tendo sido convidado a integrar oficialmente a agenda da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e desenvolvimento no Rio de Janeiro - a ECO 92, com o Espetáculo "VENEZHVELA - La Hylaea Viverum". Com esse Espetáculo, apresentou-se na Alemanha em 1996 no 1. Uni Modern Dance Festival em Kaiserslautern, onde foi apontado como o destaque do festival, recebendo da crítica internacional elogiosos comentários sobre seu trabalho, o que o fez permanecer por mais de um ano, onde desenvolveu projetos de pesquisa relacionados com Patrimônio Histórico, restauração de imóveis e levantamento Artístico e Arquitetônico, estagiou com a designer Bárbara Kessler em Berlin, além de realizar projetos de figurinos para a AZet Dance Company para as obras “Perhaps” e “Romeu & Julia” e desenvolveu para o Teatro “Bühne Unterm Dach” da Alemanha, um projeto sob encomenda para estrear um Espetáculo solo inédito.
Em 1997, retorna a São Simão-SP, sua cidade natal, para assumir a Secretaria Municipal de Cultura. Transformou o Delirivm Teatro de Dança em um grupo inédito, com senhoras de idade entre 51 e 85 anos, muito festejado pela mídia, graças a seriedade de seu trabalho, o grupo recebeu prêmios importantes, como o Melhor Diretor no XIX Festival de Teatro Amador do Estado de São Paulo em 1997 e dois convites para participação em Festivais Internacionais.
Para não interromper sua carreira pedagógica, funda a Ogawa Butoh Center Associação Cultural e Ecológica e realiza a primeira edição do Butoh Inside Movement Series, trazendo para o evento, significantes personalidades e espetáculos de dança Butoh do país. Na segunda edição do Butoh Inside Movement Series, devido o sucesso obtido no ano interior o evento foi estendido para três cidades: São Simão, Ribeirão Preto e São Paulo. Nas edições seguintes abrangeram as cidades de Ribeirão Preto, Osvaldo Cruz-SP, Presidente Prudente-SP, São José do Rio Pardo-SP, São Simão-SP e São Paulo-SP. Realiza cursos intensivos de Butoh periodicamente, para interessados de todo o país e exterior, esse encontro é chamado de "Taxon". Em 1998, volta à Alemanha para participar do 2. Internationales Solo-Tanz-Theater Festival em Augsburg, foi premiado com o prêmio de Melhor Figurino/Melhor Cenário e pelo júri popular como o melhor Espetáculo da noite no dia de sua apresentação.
Em 2001, participou do San Francisco Butoh Festival em São Francisco nos Estados Unidos, recebendo da crítica elogiosos comentários sobre o seu trabalho. Em 2002, participou do XII Festival de Teatro de Curitiba-PR, 2º Fest-dança de Curitiba-PR, Newtown Neworks Cultural Festival em Sydney - Austrália, juntamente com sua Cia de Butoh.
Em 2003, dirigiu "A Tempestade" de William Shakespeare para a programação do 12º Festival de Teatro de Curitiba-PR.
Em 2005 participou do 6to Encuentro De Teatro En El Corazón Del Mercosur in Paso de los Libres-Corrientes-Argentina, 2º Festival Internacional de Teatro Popular - FINTEPO 2005 in Tláhuac-México-DF, XXXI Festival Internacional Cervantino Callejero del CLETA in Guanajuato-México, IV Mostra Rio São Paulo de Teatro de Rua em Paraty - Rio de Janeiro e em Regensburg - Alemanha participou do 3. Internationale Aids-Tanzgala.
Em 2006 participou do 7to Encuentro De Teatro En El Corazón Del Mercosur in Paso de los Libres-Corrientes-Argentina, Moving 2006 no Teatro do Shopping Frei Caneca em São Paulo, participou da programação de dança contemporânea do Centro Cultural da CPFL em Campinas-SP, em Corumbá-MS participou da 6º Mostra Corumbá-Santuário Ecológico da Dança e realizou residência coreográfica em Portugal para a realização do projeto “Alma Portuguesa – Tudo Isto é Fado.
Em 2007 participou do Festival de Teatro de Curitiba, da Virada Cultural no Vale do Anhangabaú em São Paulo, “Artes Performáticas como máquina de guerra” no ciclo “O fim de um mundo não é o fim do mundo – como sobriviveremos no século XXI?” no Espaço Cultural da CPFL em Campinas, fez a abertura do IV Encontro de Dirigentes Municipais de Cultura do Estado de São Paulo em Presidente Prudente – SP, Noites de Dança no Teatro Sérgio Cardoso em São Paulo, Quartas no Teatro no Teatro da Dança-Teatro Itália em São Paulo, ABCDança em Diadema – SP, 15º Passo de Arte em Indaiatuba-SP, VI Mostra Rio São Paulo de Teatro de Rua Paraty – RJ, do XIV Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente – SP, Iguatemi Moving 2007, entre outros.
Em 2008 participou da III Semana do Teatro no Maranhão em São Luís - MA, do ABCDANÇA em Diadema-SP, do Primer Encuentro Internacional de Teatro de la Triple Frontera Monte Caseros - Corrientes - Argentina, fez a abertura do XXV Festival Nacional de Dança do Conselho Brasileiro de Dança no Rio de Janeiro-RJ, do IV Passo de Arte Minas em Belo Horizonte-MG, do II Passo de Arte Norte e Nordeste em Fortaleza-CE, do IV Festival Internacional de la Integración y el Reconocimiento - Formosa 2008 - Argentina, 1º Festival Internacional de Teatro - Galatea Resistencia - Chaco - Argentina,apresentou-se no Teatro de La Ciudad em Corrientes - Argentina, do 8vo. Encuentro de Teatro Internacional "En El Corazon del Mercosur",do 5. Internationale Aids-Tanzgala em Regensburg - Alemanha.
Em 2009 participou do XIV Encontro Científico do CINDEDI - Centro de Investigações sobre Desenvolvimento Humano e Educação Infantil no Centro Cultural Capela do Campus da USP em Ribeirão Preto-SP, da Virada Cultural na cidade de São Paulo, no 1º Festival Nacional de Dança de Juiz de Fora-MG, The 5TH International Butoh Festival Thailand 2009 in Bangkok.
Entre outros eventos também participou do Gran Gran Fiesta/Queen Elisabeth Hall - Londres, no Camden Green Fair/Camden Garden Free - Londres, no The Rising Sun Institute/Reading e no Bracknell Festival/Bracknell - Inglaterra, Festival de Dança de Joinville - SC, Mostra de Danças de Diadema - SP, Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente - SP - 1999, 2001, 2002 e 2003, San Francisco Butoh Festival nos Estados Unidos, 11º, 12º, 13º, 14º e 15º Festival de Teatro de Curitiba-PR, do Universidade em Cena da USP em São Paulo-SP, do Newtown Neworks Cultural Festival em Sydney na Austrália, do 2º Fest-dança de Curitiba-PR, Panorama SESI de Dança 2004 em São Paulo, entre outros.
Considerado o maior expoente da dança butoh latino americana e um dos grandes nomes do Butoh mundial, já recebeu dezenas de prêmios como coreógrafo, figurinista, cenógrafo, diretor e bailarino e realiza anualmente inúmeras turnês pelo país e exterior. É figurinista da Cia. de Teatro da Universidade do Oeste Paulista - Unoeste, onde já desenvolveu projetos para os espetáculos "Madame Blavatsky"(1997), "Olinda,Olinda"(1998), "Ponto de Partida"(1999), "Pássaros"(2001), "Blavatsky"(2006) e também da Cia Cenicomania de Santos - SP, autor dos figurinos de "Loucos por Vinícius"(1998), "Histórias da Arca"(2000) e "O Evangelho Segundo Zebedeu"(2002), "A Lei e o Rei"(2005), "Minha Nossa"(2009).
Member of the International Dance Council - CID da Unesco; é Jornalista profissional colaborador do Jornal Dança Brasil desde 1991, dirige o Delirivm Teatro de Dança e a Ogawa Butoh Center - a Cia de Butoh e a Instituição, onde realiza anualmente o Butoh Inside Movement Series e ensina a técnica Aiar Butoh.